Apr 19 2012

CHILLI PEPPER SINGLE HOTEL ABRE SUAS PORTAS OFICIALMENTE DIA 30 DE ABRIL EM SÃO PAULO

Category: MotéisRedação Balada CERTA @ 15:14

Pepper Single Hotel  abre suas portas oficialmente no próximo dia 30 de abril segunda-feira, a partir das 18 horas, no coração de São Paulo o mais novo projeto do empresário Douglas Drumond..

PROGRAMAÇÃO MUSICAL

Leiloca Pantoja é a DJ oficial do Chilli Pepper Single Hotel. Será ela a responsável pela programação musical do hotel. O set da DJ foca em clássicos do rock and roll, de Led Zeppelin a Joan Jett, passando pelo heavy metal do AC/DC.

“Pensei em resumir no pequeno tempo como será o clima da trilha do hotel, focando em rock’n’roll. Procurei manter a energia do estilo com clássicos do Led Zeppelin (numa versão nova de 2012) e as produções originais da Joan Jett (que todo mundo ama) e o heavy metal do AC/DC. Há também a versão para Satisfaction, do Beni Benassi, clássico dos anos 2000, numa versão assinada pelo WhoMadeWho, que é rock, engraçada e divertida. Para terminar, o edit para Talking Heads – This Must Be The Place, feito pelo Psychemagik, bem elegante, mais calmo e dançante, mas também rock”, explica Leiloca.

Inspirada pelo som dançante das discothèques dos anos 1970 e 1980 e clubes dos 1990, Leiloca é uma simbiose entre divas purpurinadas e imponentes do cinema, da moda e da música. Atualmente, é residente das festas mensais Luxo Pop Show! com Johnny Luxo, Boss in Drama e Dragão de Komodo a.k.a. Edu Corelli, no Glória (SP), e Bar Squat, com Pejota Fernandes. A DJ também se apresenta em redutos da ferveção paulistana como D-Edge, Vegas, Clube Glória, Lions, Hot Hot e Casa 92, além de tocar em clubes pelo Brasil. Ouça no player abaixo a trilha especialmente preparada por Leiloca Pantoja que você vai conferir quando circular pelo Chilli.

Projeto ambicioso, atualmente orçado em cerca de R$ 2,8 milhões, o Chilli Pepper Single Hotel é um complexo de 2,3 mil metros quadrados distribuídos em três andares de um prédio que foi inteiramente reformado e reestruturado, bem no largo do Arouche, na saída do Minhocão. Drumond declara que a escolha do espaço foi estratégica, pois a região central experimenta forte revitalização urbana e o perímetro do Arouche com a Rua Vieira de Carvalho posiciona-se como uma das principais vizinhanças de frequência gay em São Paulo, 24 horas por dia. E em tempo integral o Chilli Pepper oferece, além de 124 quartos de solteiro, três suítes presidenciais e duas “confort” (todos com ar condicionado e TV de tela LCD) – e também armários (‘lockers’) para visitantes locais.

O hotel para solteiros, cuja estrutura e serviços o colocam em igualdade aos melhores do gênero no mundo, tem aquecimento no piso (com lareira central), água filtrada nos chuveiros e jacuzzis, dois ofurôs, uma piscina de inverno com cascata e outra de verão ionizada com filtro de areia, além de catwalk central. Há também uma sauna a vapor com 60 m² e piscina interna resfriada (e água filtrada) e uma sauna seca com design de bancos ergonômicos em peroba rosa. Com um elevador que conecta os três andares, esse bonito e sedutor hotel conta ainda com um lounge bar em formato L, com sete metros quadrados e mobílias do notório designer Philippe Starck. Sem falar ainda numa pequena sala de cinema com 22 lugares, que promete ter uma programação especial.

Todos os espaços foram pensados em melhor servir o freqüentador para momentos de intenso descanso & lazer. E é o próprio arquiteto do hotel, Fred Mafra, nascido em Belo Horizonte e premiado na última Bienal de Arquitetura de São Paulo, quem revela um dos principais diferenciais de seu projeto: “Adotamos material sustentável visando o conforto e apoiamos o projeto de urbanização do Largo do Arouche, através de termo de cooperação junto à subprefeitura da Sé”.

Drumond declara que a 269 deixou muitas saudades, mas que o Chilli Pepper é duas vezes maior e três vezes melhor: “Gosto muito da marca 269, mas o projeto Chilli Pepper é tão superior, que não consigo manter o mesmo nome. Estou achando simpático falar em 269 Chilli Pepper Single Hotel, ficou um nome sexy e engraçado. Mas manteremos as mesmas noites temáticas da 269 e estamos abertos a novas parcerias com promoters”.

Inicialmente, o complexo empregará por volta de 50 profissionais fixos, sendo 20 transexuais, e cerca de 140 trabalhos indiretos. Na equipe que está ajudando desde o início o empresário a concretizar este projeto estão, além de Mafra, Nando Scofield, Sarita Tobias, Rogério Oliveira, Marcio e Tiago Meira todos unidos para fazer do novo Chilli Pepper um marco na história do empreendedorismo e do lazer para homossexuais em São Paulo e no país. Será um prazer, e que Drumond pretende em breve estender para o Rio de Janeiro...

Chilli Pepper Single Hotel

Largo do Arouche, 610

São Paulo – SP – Brasil

www.chillipepper.com.br

Estacionamento próprio e conveniado com entrada pela Rua Frederico Abranches

Tags:

blog comments powered by Disqus